Sábado, 20 de Julho de 2024
15°C 29°C
Fátima do Sul, MS
Publicidade

Estelionatário preso no Aeroporto de Campo Grande pagou R$ 0,01 em passagens de R$ 5 mil

Com isso, ele enviou um comprovante falso. Um comparsa do estelionatário ainda é procurado.

03/07/2024 às 08h18
Por: Redação Fonte: Lucas Caxito / MÍDIA MAX
Compartilhe:
Polícia de MS procura pelo comparsa do estelionatário
Polícia de MS procura pelo comparsa do estelionatário

O estelionatário preso na manhã desta terça-feira (2), no Aeroporto Internacional de Campo Grande, após aplicar golpe em uma agência de viagens, comprou bilhetes no valor de R$ 5.476. O criminoso teria comprado tanto a passagem de ida quanto a de volta do Rio de Janeiro, mas aplicou o golpe do falso Pix na empresa, que fica localizada no Centro da Capital.

Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito tem 30 anos de idade e, além do crime de estelionato, possui um mandado de prisão alimentícia expedido pela Justiça do Rio de Janeiro. De acordo com a investigação, o suspeito teria comprado as passagens no último sábado (29).

Continua após a publicidade
Anúncio

No entanto, após a compra dos bilhetes, a agência constatou que o valor não foi creditado na conta bancária da empresa. Além disso, o comprovante do Pix feito pelo estelionatário era falso.

Com isso, o suspeito foi preso por equipes da Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) ao desembarcar em Campo Grande.

Continua após a publicidade
Anúncio

Golpista foi preso no Aeroporto de Campo Grande
O estelionatário foi preso na manhã desta terça-feira (2), enquanto desembarcava no Aeroporto Internacional de Campo Grande.

O suspeito foi detido depois de aplicar um golpe em uma empresa ao comprar uma passagem aérea e desembarcar na Capital. Segundo a polícia, o autor teria comprado uma passagem aérea de urgência e vinha do Rio de Janeiro.

Para aplicar o golpe, ele fez um Pix falso no valor de R$ 0,01. Então, falsificou um documento com o código informado pela empresa e o valor que deveria ser pago.

Com isso, ele enviou um comprovante falso. Um comparsa do estelionatário ainda é procurado.

Após a prisão, o suspeito foi encaminhado para a delegacia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias