Sábado, 20 de Julho de 2024
15°C 29°C
Fátima do Sul, MS
Publicidade

Mato Grosso do Sul amplia vacina da dengue para crianças de 10 a 14 anos

Até então estavam sendo vacinadas apenas crianças de 10 e 11 anos em MS

26/02/2024 às 10h22 Atualizada em 26/02/2024 às 10h25
Por: ROGERIO FERNANDES Fonte: Priscilla Peres / MÍDIA MAX
Compartilhe:
Divulgação/Governo MS
Divulgação/Governo MS

A secretaria Estadual de Saúde decidiu ampliar a oferta de vacinação contra a dengue para crianças com idade entre 10 e 14 anos, em todo o Mato Grosso do Sul. Até então estavam sendo vacinadas apenas crianças de 10 e 11 anos.

A resolução n° 179, publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (26), decide ampliar a abrangência da vacina, tendo como meta imunizar 90% do público-alvo. A SES justifica que a vacinação contra a dengue pretende reduzir as hospitalizações e óbitos decorrentes das infecções pelos vírus da dengue na população-alvo para a vacinação.

Continua após a publicidade
Anúncio

O Ministério da Saúde estabeleceu, para 2024, que o público imunizado contra a dengue serão crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, faixa etária que concentra o maior número de hospitalização por dengue, após pessoas idosas, grupo para o qual a vacina não foi liberada pela Anvisa.

O esquema vacinal é composto por duas doses com intervalo de três meses entre elas.

Continua após a publicidade
Anúncio

Mato Grosso do Sul recebeu 73 mil doses
O Estado recebeu duas remessas da Qdenga, somando 73.354 doses do imunizante. Com isto, o Estado será o primeiro do país a ter todos os seus municípios contemplados com a vacina.

Dourados é um município pioneiro no país na imunização contra a dengue. A vacinação em massa é desenvolvida pela Sems (Secretaria Municipal de Saúde), em parceria com o laboratório japonês Takeda, que desenvolveu a vacina Qdenga. O imunizante já está disponível na rede privada de saúde e tem imunidade completa em duas doses, sendo que a segunda deve ser aplicada após três meses da primeira.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias