Sábado, 20 de Julho de 2024
15°C 29°C
Fátima do Sul, MS
Publicidade

De recém-nascido a idoso, Mato Grosso do Sul chega a cinco mortes por dengue em 2024

Estado tem mais de 9 mil casos prováveis de dengue e 5 mortes confirmadas em 2024

21/03/2024 às 09h25
Por: ROGERIO FERNANDES Fonte: Priscilla Peres / MÍDIA MAX
Compartilhe:
(Foto: Arquivo, Jornal Midiamax)
(Foto: Arquivo, Jornal Midiamax)

Uma criança de um ano que morava em Laguna Carapã é mais uma vítima fatal da dengue em Mato Grosso do Sul, que soma cinco mortes em decorrência da doença em 2024. Em onze semanas do ano, são 3 mil casos de dengue confirmados e outros 9,1 mil prováveis.

Os dados são do boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria Estadual de Saúde), nesta quinta-feira (21), e mostram que Mato Grosso do Sul agora está em situação de alta incidência para a dengue, com 41 municípios nessa situação e outros 25 em alerta.

Continua após a publicidade
Anúncio

Chapadão do Sul desponta como a cidade com maior número de casos confirmados por dengue este ano, sendo 621 notificações. Campo Grande tem 402 casos confirmados e Costa Rica, 362 casos, enquanto Ponta Porã aparece com 149 casos de dengue este ano.

São cinco mortes em decorrência da doença em 2024, sendo uma bebê de um mês, um idoso de 81 anos, uma idosa de 73 anos, um homem de 33 anos e um menino de 1 ano. Destes, apenas dois tinham comorbidades.

Continua após a publicidade
Anúncio

Apesar de crescentes, os casos de dengue semana a semana continuam abaixo dos números do ano passado. Na semana 11, por exemplo, foram registrados 1.112 casos prováveis da doença em MS, número que somava 2.650 no mesmo período do ano passado.

Vacinação contra a dengue para crianças
Em Campo Grande, menos de 8 mil crianças foram vacinadas contra a dengue este ano. A meta é vacinar 70 mil crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos, que são o público-alvo da campanha nacional.

Segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), entre 11 de fevereiro e 18 de março, foram imunizadas 7.943 crianças de Campo Grande contra a dengue. Apesar de baixa, a adesão se mantém acima da média nacional, atualmente em 10%.

Campo Grande recebeu 24.639 doses da Qdenga, que deve ser aplicada em duas doses no público-alvo. No próximo mês, Campo Grande recebe remessa destinada à aplicação da segunda dose.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias